0,00 € - 0 item(s)

Não existem produtos no seu carrinho.

Peças para VW

VW

Atualmente é a marca mais vendida do Grupo Volkswagen, o maior fabricante de automóveis alemão e o terceiro maior fabricante a nível mundial. Sua sede central está localizada em Wolfsburg, Alemanha. O grupo é cosntituido por doze marcas provenientes de sete países europeus: Volkswagen, Audi, Seat, Skoda, Porsche, Ducati, a MAN SE, Bentley, Bugatti, Lamborghini e Scania AB.

A marca vende seus veículos em mais de 153 países, opera em 61 unidades de produção localizadas em 15 países europeus e em mais de 6 países, entre América, África e Ásia.

No ano de 2012 recebeu o prêmio da Igualdade de oportunidades e a Conciliação na categoria de Grande Empresa.

O nome surgiu no início dos anos 30, quando Adolf Hitler lança um concurso para a fabricação de um carro para o povo (Volks Wagen). Embora o nome original do modelo era outro, foi utilizada a denominação Volkswagen para se referir ao "Besouro" ou "Bettle", o primeiro modelo a ser produzido pela marca. Depois das desvinculaciones na produção por conflitos bélicos, de 27 de dezembro se iniciou a produção em série do besouro.

Em 1978, esse modelo deixou de ser fabricado na Alemanha, devido, principalmente, a que no mercado mundial tinham aparecido carros equivalentes, mas de design e tecnologia mais avançados. Durante o final do século passado, o Volkswagen Sedan (fusca), foi considerado "o carro do século".

Em 1974, foi apresentado o modelo Golf, que imediatamente teve uma grande aceitação. Posteriormente, incorporaram-o Passat (1973), " o Polo e o Lupo. Em 1998, surge o New Beetle, que apresenta um design baseado no antigo fusca, mas totalmente modernizado. Outros modelos em destaque são o Phaeton, o Touran, minivan de sete lugares, e o Touareg, suv de luxo concebido para uso na cidade, na estrada e em terrenos difíceis.

nas últimas décadas, a Volkswagen foi incorporando ao seu grupo outros fabricantes de automóveis. O primeiro foi a Audi, que se desenvolveu a raiz da sua pertença ao grupo. Posteriormente adquiriu o fabricante espanhol Seat, posicionando a marca no segmento esportivo. O terceiro fabricante que entrou foi Skoda, cujos modelos estariam destinados, principalmente, aos novos mercados da Europa do Leste. O quarto foi MAN SE, ao tornar-se Volkswagen com 55% de suas ações e a quinta é a italiana Ducati, adquirida através de sua subsidiária Audi.